Malária

Conforme dados da Organização Mundial de Saúde, a Malária é atualmente a doença infecciosa que mais tem provocado mortes no mundo, sendo superada apenas pela Aids. A doença é considerada como um problema de saúde pública em cerca de 90 países, onde aproximadamente 2,4 bilhões de pessoas convivem com os riscos de contágio. No Brasil a região mais afetada é a Norte, sobretudo na região amazônica, onde são registrados por volta de 500 mil casos anuais. O continente africano é o que mais se registra casos da doença no mundo, sendo que em Angola são registrados anualmente cerca de 3,5 milhões de casos. Em 2004, ocorreram 11.866 mortes no país em decorrência da moléstia.

A Fundação Oswaldo Cruz, recentemente, firmou uma parceria com o Ministério da Saúde de Angola, em que a unidade Centro de Informação Científica e Tecnológica (Cict) teve sua participação no que se refere à Informação e Comunicação. Desta forma, a Biblioteca Virtual em Saúde em Doenças Infecciosas e Parasitárias (BVS-DIP), um projeto da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), coordenado pela OPAS/BIREME, e orientado por um Comitê Consultivo Nacional, liderado pela Biblioteca de Manguinhos / CICT deseja oferecer a sua contribuição para a disseminação de informações relevantes sobre prevenção e tratamento da Malária. Para tal, foi criada esta seção no site da BVS-DIP contendo informações como: Histórico, Prevenção, Tratamento, Sintomas, Centros de Referência, Eventos como congressos, seminários e reuniões na temática malária. Esta ação tem como objetivo ampliar a capacidade de acesso à informação para pesquisa, educação prevenção, tratamento e controle da Malária, proporcionando os acessos on-line eficiente, universais e eqüitativos a toda informação relevante para a saúde. Espera-se com a implementação deste serviço, proporcionar tanto para brasileiros quanto para todo o mundo o acesso a recursos de informações, promovendo um sistema interativo de comunicação sobre a malária de forma que a população possa se beneficiar com os resultados.